sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

5 bebidas para limpar seu fígado naturalmente


O fígado é um dos órgãos mais importantes de nosso corpo já que cumpre funções que são vitais para a nossa saúde. Este órgão é o encarregado da desintoxicação, da regulação do metabolismo, da purificação do sangue, da síntese de proteínas plasmáticas, absorção e armazenamento de vitaminas, entre outros. Existem muitos fatores e hábitos que põe em risco a saúde deste importante órgão e como consequência afeta nossa saúde a nível geral. É importante estar alerta ante qualquer moléstia hepática, já que pode se converter em algo grave e difícil de ser controlado.
A saúde do fígado pode estar em constante risco se não prestarmos a atenção necessária, já que muitos dos hábitos que temos podem ser grandes causadores da saúde ruim e de seus problemas. Hoje vamos deixar aqui 5 bebidas que irão te ajudar a limpar o fígado de maneira natural, para que você se previna de muitas doenças.

Suco de maçã

Manzanas
A maçã é rica em fibras e contém ácido málico, um composto que ajuda a amolecer os cálculos intra biliares. Tomar o suco de maçã é ideal para limpar o fígado de uma forma natural e com isso prevenir qualquer tipo de infecção que possa te afetar.
Você vai precisar:
  • ½ kg de maçãs
  • ½ limão
  • Açúcar a gosto.
  • Água.

O que fazer?

  • Lave muito bem o quilo de maçãs e sem retirar a casca, corte em pedaços para por no liquidificador.
  • Adicione o suco de meio limão, açúcar a gosto e dois copos de água.
  • Bata muito bem todos os ingredientes e beba o suco.

Nota

Durante os dias de limpeza do fígado com suco de maçã, tente evitar o consumo de proteínas, produtos lácteos e frituras. O suco de maçã deve ser tomado durante seis dias, preferivelmente de jejum.

Chá verde

chá verde é conhecido em âmbito mundial pelas suas propriedades e benefícios que possui para o organismo. Entre todas as suas propriedades, o chá verde está carregado de catequinas, um tipo de antioxidante vegetal que de acordo com diferentes estudos, possuem a capacidade de eliminar o acúmulo de gordura no fígado e promover a função hepática adequada.

O que fazer?

Tome infusões de chá verde, de maneira moderada. O ideal é consumir o chá em jejum, ou antes, de ir dormir. O chá verde em excesso pode apresentar efeitos secundários que afetam outras partes do nosso organismo.

Batida de toranja

toranja
Esta batida limpa o fígado, ajuda a desintoxicar o corpo e fortalece o sistema linfático. Ela não apresenta efeitos secundários, por isso pode ser consumida todos os dias sem maiores consequências para a nossa saúde.
Você vai precisar:
  • Duas toranjas grandes
  • Dois dentes de alho fresco
  • Um pedaço de raiz de gengibre fresco
  • Quatro limões
  • 300 mL de água destilada filtrada
  • Uma colher ou tabletes de acidófilus
  • Duas colheres de azeite de oliva de primeira pressão a frio

O que fazer?

  • Em primeiro lugar você deve extrair o suco dos dois limões e das toranjas.
  • Aparte rale o gengibre e triture o alho para extrair seu suco.
  • No liquidificador, coloque o resto dos ingredientes e adicione os sucos, o gengibre e o alho.
  • Bata muito bem todos os ingredientes e consuma a batida antes de ir dormir.

Suco de mirtilos vermelhos

Os mirtilos vermelhos contêm propriedades depurativas e desintoxicantes ideais para limpar o fígado. Seu alto conteúdo em vitaminas, minerais e antioxidantes essenciais os convertem em um aliado excelente para a boa saúde, já que previnem o organismo de muitas doenças.
Você vai precisar:
  • Duas maçãs vermelhas grandes
  • Uma pera verde grande
  • ½ xícara de mirtilos vermelhos frescos
  • Um caule de aipo grande
  • Um pepino pequeno

O que fazer?

  • Misture todos os ingredientes no liquidificador sem retirar a casca. Bata muito bem e logo depois consuma.
  • Você deve tomar o suco durante cinco dias consecutivos.

Suco de cenouras

suco-cenoura-Food-Thinkers
A cenoura contém vitaminas e minerais, entre eles, a vitamina A, vitamina B, vitamina C, cálcio, fósforo e potássio. Seus compostos são depurativos e previnem o fígado de muitas infecções, já que ajudam a desintoxicar e eliminar aquelas substâncias que o corpo não precisa mais.
Você vai precisar:
  • ½ pepino com casca
  • Quatro cenouras com casca
  • Um ramo de aipo

O que fazer?

  • Lave muito bem os ingredientes e corte-os em pedaços pequenos.
  • Bata muito bem todos os ingredientes até ter uma mistura homogênea.
  • Consuma seu suco de cenoura e repita seu uso durante sete dias.

FONTE: http://melhorcomsaude.com/5-bebidas-para-limpar-seu-figado-naturalmente/

quinta-feira, 13 de Novembro de 2014

Você acorda com um sabor amargo na boca?



Talvez você já tenha passado por isso alguma vez, se levantar pela manhã e sentir um sabor entre ácido e amargo na boca. Por que isso acontece? É mais comum do você pensa, mas não é nada grave, em certas ocasiões é indicativo de: má alimentação, acumulação de bactérias, entre outros. Explicaremos mais adiante para a sua tranquilidade.

A simples realidade é que quase todos nós levantamos com um sabor estranho na boca, nossa língua acumula uma série de bactérias armazenadas durante a noite que provocam esse mau hálito, algo que incomoda em especial quando acordamos junto com nosso parceiro. É normal, mas os médicos dizem que, em certos casos, este mau hálito/sabor estranho pode estar por trás de algum tipo de doença.

Causas do mau hálito pela manhã

mañanas

Bactérias

Esse sabor ácido e amargo é habitualmente produzido por bactérias anaeróbias, que estão atrás da língua e secretam pequenas quantidades de enxofre. Se pelo dia não temos esta incômoda sensação é porque a saliva a faz desaparecer, destrói essas partículas de enxofre, mas pela noite, a produção de saliva reduz drasticamente e estes elementos ficam na nossa língua causando este sabor desagradável. É algo que acontece com todas as pessoas.

Sinusite

A sinusite torna a mucosa nasal mais sensível, o que a faz liberar várias secreções. A mucosa nasal é rica em proteínas e proporciona um bom alimento para as mesmas bactérias que mencionamos antes. Essas se multiplicam e aparecem em maior quantidade, e por isso seguem produzindo mais enxofre originando esse sabor ruim na boca.

O esôfago

Você pode sofrer com acidez no esôfago caso o tenha inflamado. A digestão fica mais difícil. Esta acidez alimenta novamente as bactérias de nossa língua, e o sabor será especialmente ácido.

Problemas no fígado

Já sabemos que o fígado cumpre a função essencial de limpar nosso organismo de toxinas, de elementos nocivos e prejudiciais, além de cumprir outros mecanismos essenciais na metabolização de enzimas. Mas, pode acontecer que, de repente, exista algum problema e um dos sintomas é precisamente esse sabor amargo pela manhã.

Icterícia

A icterícia aparece quando temos algum problema na hora de metabolizar a bilirrubina, uma disfunção associada, por sua vez, com o fígado, que produz alterações nos glóbulos vermelhos derivando depois em uma série de problemas em nosso organismo. Os sintomas mais evidentes são a cor de pele amarelada, assim como um sabor amargo na boca que aumenta pela manhã.

Remédio para evitar o sabor amargo pela manhã

Remolacha
O melhor,sem dúvida, é recorrer a alimentos que nos ajudem a desintoxicar o corpo. Para isso seria conveniente realizar as seguintes ações:
  • Começar o dia comendo um dente de alho em jejum. Se o consumo for constante, nos beneficiaremos do maior desintoxicante natural que existe. Não deixe de testá-lo.
  • Um suco desintoxicante para jantar: lembre-se que esta simples receita deverá ser tomada durante a janta por, pelo menos, 8 dias seguidos no mês. Ingredientes: uma beterraba, um dente de alho, o suco de meio limão, um raminho de salsinha e uma colherzinha de mel. Leve todos os ingredientes ao liquidificador e bata até ficar bem homogêneo. O suco ajudará a limpar o corpo, eliminar toxinas e bactérias, e tirar o sabor ruim da boca. Experimenta!

quarta-feira, 12 de Novembro de 2014

Tratamento para as principais doenças de unha


As mãos são inseparáveis amigas, com as quais podemos contar a todos os momentos. Elas fazem parte de nossa comunicação, as utilizamos para trabalhar ou para seduzir. E, como não, as unhas são parte indispensável desse equilíbrio, da beleza das mãos. Mas, em muitas ocasiões elas não parecem tão saudáveis o quanto esperamos. E como remediar sua fragilidade e as doenças associadas? Confira agora.
Principais doenças nas unhas
As mulheres amam manter as unhas sempre bem cuidadas, afinal, elas são um sinal de saúde e beleza. Mas, em certas ocasiões, seja pela alimentação incorreta, a falta de vitaminas ou inclusive por causa de fungos ou infecções, as unhas se tornam mais frágeis e aparecem defeitos que começam a nos preocupar. O que fazer então?
Bom, se isso te ocorre, não se preocupe. A seguir, falaremos sobre as doenças mais comuns que afligem as unhas e qual é o melhor meio de trata-las. Atenção:

1. A onicomicose

Quem já passou por esse problema sabe como é incômodo e doloroso. As micoses são doenças infecciosas causadas por fungos microscópicos que afetam especialmente as unhas. Isso é o que conhecemos como onicomicose.
Ela pode se apresentar de várias formas: como uma sombra cinza debaixo da unha ou manchas brancas nessa mesma região.
Outra característica é, por exemplo, uma espécie de engrossamento da prega cutânea que rodeia a unha. Esse engrossamento deixa as unhas grossas, frágeis ou estriadas.

Tratamentos

Primeiramente é recomendável procurar um médico para uma análise mais detalhada. Ele confirmará que tipo de fungo está causando a doença, que pode ser um dermatófito, uma levedura ou um mofo.
Se for um dermatófito, por exemplo, o que se deve fazer é uma espécie de raspagem química por meio de curativos impregnados om substâncias que amolecem as unhas para eliminar esse elemento. Além disso, também é recomendável o consumo de antifúngicos por via oral.
Enquanto o tratamento indicado pelo médico é realizado também é possível fazer uso de simples remédios caseiros:
  • Misture três gotas de óleo de árvore do chá em uma colher de azeite de oliva e aplique na unha afetada utilizando um algodão. Mantenha o tratamento por vinte dias. É muito fácil. O óleo de árvore do chá pode ser encontrado em lojas de produtos naturais.
  • Retire o suco de um limão. Mergulhe a região afetada no suco. É importante saber que esse tratamento é mais eficaz para a unha afetada por micose. Mantenha o tratamento por vinte dias, assim como o anterior.
  • Mergulhe a região afetada em meio copo de vinagre de sidra de maçã natural. Depois lave muito bem para não sobrarem resquícios. Se mantiver o tratamento por dez dias será muito efetivo.

2. Unhas encravadas

unha-encravada
Essa é, sem dúvida, uma realidade muito comum. Costuma acontecer quando as bordas laterais das unhas (quase sempre do dedão do pé)  crescem a ponto de entrarem na pele, causando dor e infecção.
Às vezes também pode acontecer devido a algum acidente, quando algo cai em nosso pé, ou usamos calçados inadequados, e ainda, quando praticamos determinados esportes. A causa também pode ser natural, ou seja, pode haver uma unha naturalmente complicada que sempre causará esse tipo de problema.

Tratamentos

  • O tratamento para as unhas encravadas quase sempre requerem uma pequena intervenção médica, pois as infecções podem chegar a ser muito sérias.
  • A primeira recomendação é sempre uma boa prevenção e para isso é preciso lembrar, por exemplo, que é importante cortar a unha de forma reta, nunca ovalada, já que se for ovalada pode adentrar a pele dos lados. Assim, deixe sempre as bordas exteriores paralelas à pele.
  • Quanto aos remédios caseiros para tratar unhas encravadas, o habitual é usar produtos que atuem como antibióticos naturais e que são capazes de diminuir inflamações e curar infecções. Anote: coloque um dente de alho na unha encravada e coloque uma gaze para vedar durante a noite. Outra opção é molhar as unhas afetadas com o suco de uma cebola durante pelo menos vinte minutos. Faça isso todos os dias por uma semana, secando bem os dedos depois. Banhos com água salgada também serão muito efetivos. Encha um balde e adicione cinco colheres de sopa de sal marinho, depois coloque os pés ou mãos de molho por vinte minutos, esse tratamento será muito bom.

3. Escamação das unhas

Unhas
Muitas pessoas sofrem com o problema de unhas descamadas. Mas o que é exatamente o problema? Trata-se de um fenômeno onde as unhas se desprendem em finas camadas, parecidas com escamas. É incômodo, as unhas se engancham nas roupas e por vezes as danificam. É preciso ter em conta que uma unha descamada é sinal claro de um problema de saúde.
E qual tipo de doença esse problema pode indicar? Aquelas relacionadas à tireoide, à falta de hidratação, ao contato com produtos químicos, à má alimentação, à falta de descanso, ansiedade e inclusive ao estresse.

Tratamento

A primeira recomendação é que se procure um dermatologista e, além disso, que o médico faça uma averiguação sobre o que está causando o descamamento das unhas. Enquanto isso, se você notar que o problema avança, incremente à sua alimentação doses de cálcio, vitamina A, B e D, e evite alimentos que impedem a absorção desses nutrientes, tais como o café.
Também é ideal consumir líquidos, frutas frescas e verduras para prevenir que as unhas descamem. Considere também as seguintes dicas:
  • Não use esmaltes baratos ou de má qualidade, já que podem conter produtos químicos que podem danificar as unhas.
  • Utilize esmaltes específicos para evitar as escamas, pelo menos por três vezes por semana. É possível encontrá-los em farmácias.
  • Evite cortar as escamas para não danificar ainda mais as unhas.
  • Anote uma dica muito efetiva e simples: mergulhe os dedos em um recipiente com vinagre de maçã durante três minutos, pelo menos duas vezes por semana.
  • Para selar as escamas e hidratar as unhas, uma solução muito simples éutilizar azeite de oliva. Será efetivo e saudável.

quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Por que nos saem espinhas e cravos e como preveni-los?

Por que nos saem espinhas e cravos e como preveni-los?

As espinhas e os cravos não são somente uma questão que nos afeta esteticamente. São também a forma que nosso organismo encontra para eliminar toxinas, quer dizer, substâncias tóxicas que o corpo elimina naturalmente através dos poros da pele.
Neste artigo explicamos o porquê nos saem espinhas e cravos, e de que outra forma podemos fazer com que o nosso corpo se depure por outras vias, para tratar este problema naturalmente e desde a sua principal causa.

A depuração do organismo

O nosso corpo na realidade, sempre busca o equilíbrio de forma natural, se aprendermos a entender os signos e sintomas que nos mostra, também poderemos prevenir muitos problemas de saúde.
Diariamente o nosso organismo acumula toxinas através de diferentes vias:
  • Alimentos prejudiciais (aditivos, alimentos refinados, fritos, gorduras trans, açúcar branco, etc.).
  • Má digestão dos alimentos.
  • Contaminação (fumaça, poluição, substância tóxicas).
  • Bebidas alcoólicas.
  • Produtos cosméticos com substâncias tóxicas.
E como o nosso corpo funciona sabiamente, também tem órgãos para eliminar estas toxinas:
  • Intestinos
  • Rins e bexiga
  • Pulmões
  • Pele

Como depurar a pele?

A pele através dos poros elimina as toxinas mediante o suor ou também por depósitos de gorduras que podem ser os furúnculos, cravos, espinhas, etc. Em todos estes casos devemos entender que é preferível ter a capacidade de eliminar essas substâncias, que não fique em nosso interior, já que a longo prazo podem criar cistos ou tumores.
Porém, sempre podemos buscar uma maneira de eliminar essas toxinas por outras vias. As duas principais são as seguintes:
1. Evitando a entrada de toxinas.
2. Potencializando outras vias de depuração.

Como evitar a entrada de toxinas?

  • Escolher sempre alimentos naturais, e se possível que não sejam processados (comida preparada, embaladas, etc.) ou que tenham sido cozinhados em casa.
  • Optar pelos alimentos ecológicos sempre que seja possível.
  • Lavar bem as frutas e as verduras e descascá-las sempre quando não sejam ecológicas.
  • Evitar todo o tipo de aditivos.
  • Não combinar muitos alimentos em uma mesma refeição.
  • Tratar qualquer tipo de problema digestivo (acidez, refluxo, gases, etc).
  • Comer devagar, mastigando bem os alimentos.
  • Evitar o tabaco e o álcool.
  • Evitar substâncias tóxicas ao nosso redor (pinturas, verniz, gases, etc).
  • Colocar plantas depuradoras de ar em nossa casa.
  • Usar sempre cosmético caseiro ou natural, livre de produtos derivados do petróleo ou que contenham metais pesados.
  • Plantas depuradora

Quais os alimentos que provocam mais espinhas e cravos?

Existem alguns alimentos que aumentam a aparição de espinhas e cravos, e por isso deveríamos evitar totalmente em nossa alimentação:
  • Leite e derivados lácteos ricos em gorduras, como a nata, os queijos ou os sorvetes.
  • Carne vermelha.
  • Embutidos e frios, especialmente os de alto teor em gordura.
  • Chocolate ao leite (em troca, podemos consumir cacau ou chocolate amargo).
  • Gorduras trans ou hidrogenadas, como as que contém a margarina.
  • Molhos.
  • Alimentos fritos.
  • Queijos

Como depurar o nosso organismo?

Para evitar a aparição de espinhas e cravos em nossa pele podemos potenciar a depuração geral do organismo por outras vias:
  • Regular a saúde intestinal, prevenindo a prisão de ventre ou controlando as diarreias recorrentes.
  • Cuidar e tonificar o nosso fígado com infusões de plantas amargas (cardo de leite, boldo, dente-de- leão, alcachofra).
  • Potenciar a função diurética dos nossos rins com infusões de bardana e cavalinha.
  • Fazer terapias desintoxicantes regularmente, como os enxágues de azeite, a cura tibetana do alho ou também dietas depurativas.
  • Alho

Como cuidar da nossa pele?

Também é fundamental que aprendamos a cuidar da nossa pele para que ela vá eliminando toxinas através dos poros, sem que cheguem a aparecer as espinhas e os cravos.
  • Uma vez por semana fazer um peeling adaptado para o nosso tipo de pele, usando produtos naturais como o açúcar, o sal ou o bicarbonato.
  • Uma vez a cada dez ou quinze dias aplicar uma máscara de argila, já que esta absorve as substâncias tóxicas diretamente, e além disso, proporciona minerais à nossa cútis.
  • Aplicar cremes hidratantes o mais natural possível, inclusive usando óleos vegetais e evitando sempre os cremes artificiais, especialmente os que contêm parafina.
  • Para controlar o excesso de gordura da nossa pele usando papel de arroz e aplicar gel de aloe vera (babosa).
  • Evitar tocar nas espinhas e cravos quando apareçam.Somente aplicar uma gotinha de óleo essencial  de árvore do chá e esperar que se sequem, pois, caso contrário, podem infeccionar.
Imagens por cortesia de rabi w, ulterior epicure e morberg.

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

LA SEMILLA DE EL AGUACATE: POR QUE COMERLA ? - Propriedadesdas Sementes do Abacate!


Descubre las propiedades de la semilla de el aguacate, y lo importante que puede resultar incluirlas en 
tu dieta diaria.

El aguacate posee un sabor y textura que invita al placer, además de los aportes que ofrece a la salud su 
contenido, la semilla es una fuente poco valorada, pero que contiene una gran cantidad de beneficios 
para nuestra salud, a continuación puedes ver la lista con más de 10 beneficios de la semilla de aguacate 
a nuestra salud.

1. – El 70% de los aminoácidos del aguacate están en la semilla, su aceite reduce los niveles de colesterol 
y ayuda a defender al cuerpo de enfermedades cardiovasculares y paros cardiacos.
2. – Estudios han comprobado que las semillas de aguacate tienen más fibra soluble que cualquier otro alimento.
3. – La semilla del aguacate es excelente para combatir la inflamación del tracto gastrointestinal así como 

la diarrea. En Sudamérica utilizan la semilla como un remedio para infecciones y problemas estomacales.
4. – Contienen compuestos fenólicos que previenen ulceras intestinales e infecciones virales y bacterianas.
5. – El flavonol que contienen las semillas previene el crecimiento de tumores.
6. – Fortalecen el sistema inmunológico y ayudan a prevenir enfermedades debilitantes y sus antioxidantes 

retardan el proceso de envejecimiento.
7. – Las propiedades antiinflamatorias de las semillas parecen ayudar a personas que sufren de artritis y

 otras enfermedades.
8. – Efecto rejuvenecedor: estudios han comprobado que incrementan la cantidad del colágeno de 

la piel, dándole una apariencia tersa y libre de arrugas.
9. – El aceite de las semillas le dará un brillo adicional a tu cabello y ayuda a prevenir la caspa.
10. – Las semillas ayudan a bajar de peso ya que según algunos estudios reduce la glucosa en la sangre.
11.- El rayar, tostar y beber las semillas en té ayuda a control el asma
12.- Según la medicina QiGong las semillas de aguate contienen niveles altos de energía Qi, 
que nos ayudan a sentirnos en sintonía con la energía de vida.
13. – Las semillas se pueden consumir de muchas maneras: se pueden secar, rayar, tostar, rostizar y comer. 

Se pueden comer en ensaladas, beber en tés, smoothies y licuados o consumirse solas (si no les importa el 
sabor amargo).

El aguacate es el perfecto ejemplo de una fruta que nos gusta comer y sin embargo desechamos la 
parte más saludable: su semilla. ¿Para qué desperdiciar su semilla si podemos comerla? 
Sea por salud o vanidad consumir el 100% de un aguacate es lo más responsable que 
podemos hacer para mantener nuestros cuerpos y mentes alineados mientras aprovechamos 
al máximo todo lo que nos brinda la naturaleza.



Fuente: www.ecoosfera.com



  • Obesidad: La semilla del aguacate sirve para problemas de la obesidad. Incluir la fruta del aguacate o 
  • palta en su dieta, sobre todo en las noches /// Quitar la cascara marron de la semilla (hueso, pepa)  de la 
  • palta o aguacate, luego rallar la cuarta parte de una semilla y agregar un vaso de agua y hervir por 
  • 10 – 15 minutos, enfriar y tomar como agua de tiempo por 15 días seguidos.
  • Caspa: Rayar y moler la semilla (hueso) y mezclar con aceite de ricino; con esta pasta  friccionar el 
  • cuero cabelludo. Luego, se cubre el cabello con una gorra plástica o franela. Después de dos horas, 
  •  lavar muy bien el cabello.
  • Tumores: Moler la pepa o semilla fresca de palta o aguacate, bien molida y aplicada sobre los tumores, 
  • los disuelve o madura rápidamente.
  • Tos: rallar la semilla de la palta (aguacate) y agregar media  cucharadita de café a una taza de agua hervida 
  • caliente, agregar una cucharadita de miel, revolver bien, dejar enfriar un poco y tomar 2 cucharaditas 4 
  • veces al día.
  • Tiroides: Quitar la cascara marrón de la semilla (hueso, pepa)  de la palta o aguacate, luego rallar la cuarta
  •  parte de una semilla y agregar un vaso de agua y hervir por 10 – 15 minutos, enfriar y tomar como agua de 
  • tiempo por 15 dias seguidos.
  • Reumatismo: Machacar las semillas del aguacate y luego mezclarlas con alcohol, luego untar esta 
  • crema sobre la zona enferma aplicándose fricciones simultáneamente.
  • Próstata: Preparar un batido con la gelatina de 3 pencas de sábila, una semilla de aguacate tostada y molida, un litro de leche y miel de abeja al gusto. Tomar en ayunas y antes de dormir hasta notar mejoría.
  • Piojo o liendre: Hervir 5 semillas troceadas en un cuarto de litro de agua y agregarle dos ramas de ruda. 
  • Aplicar la loción con fricciones enérgicas y luego poner una toalla alrededor de la cabeza. Al quitar, 
  • los parásitos se desprenderán completamente, sobretodo en niños pequeños.
  • Panadizos o flemones: La pepa o semilla fresca de la palta bien molida y aplicada sobre los panadizos, 
  • los disuelve o madura rápidamente.
  • Migraña: tomar el extracto de la semilla de palta.
  • Lombrices intestinales:  Quitar la cascara marrón de la semilla (hueso, pepa)  de la palta o aguacate, 
  • luego rallar la cuarta parte de una semilla y agregar un vaso de agua y hervir por 10 – 15 minutos, enfriar y 
  • tomar como agua de tiempo por 15 días seguidos /// Preparar una infusión con una o media semilla
  •  (hueso, pepa) rayado; agregar a una taza de agua hirviendo, tomar en ayunas.
  • Heridas: Aplicar  la decocción de la semilla de la palta sobre la parte afectada
  • Forúnculos: La pepa o semilla fresca de la palta, bien molida y aplicada sobre los  forúnculos los disuelve o 
  • madura rápidamente.
  • Flujos vaginales (Candidiasis, descensos, vaginitis): triturar y hervir la semilla de palta o aguacate en un 
  • litro de agua; hacer baños de asiento o de irrigación de la vagina con una cánula; si tiene quistes 2 – 4 veces 
  • pueden ser necesarios. Si tiene miomas 8 – 12 veces, hasta aliviar el problema.
  • Epilepsia: Preparar una infusión de toronjil con una pizca de la semilla de la palta (rayada o tostada), tomar
  •  con bastante frecuencia. Su efecto es preventivo.
  • Dolor de cabeza: Quitar la cascara marrón de la semilla (pepa)  de la palta o aguacate, luego rallar la cuarta 
  • parte de una semilla y agregar un vaso de agua y hervir por 10 – 15 minutos, enfriar y tomar como agua de
  •  tiempo por 15 días seguidos.
  • Dolor Articular y Muscular: Las semillas secas y bien pulverizadas de palta o aguacate, mezcladas con miel 
  • caliente se aplican para calmar dolores articulares y musculares. El alivio se obtiene por la cantidad de tanino 
  • que contiene.
  • Diarreas y Disenterías (diarreas con sangre): Tomar la infusión; se pica bien menudito la mitad de una pepa 
  • mediana de aguacate (palta) y se echa en una taza de agua hervida, se cubre un momento y se toma caliente. 
  • A los niños se les da una cuarta parte de la pepa /// Tostar la semilla de aguacate, molerla y luego poner una 
  • pizca de este polvo en un vaso de agua de llantén (preparar haciendo un cocimiento de agua y llantén), tomar 
  • tres veces al día /// También se puede hervir durante 5 minutos un litro de agua con una semilla de aguacate
  • algunas cáscaras de granada y anís; este líquido debe tomarse constantemente durante el día.
  • Corazón: Tomar diariamente por 30 días, una taza, la infusión de la semilla o pepa de la palta (aguacate); para
  •  preparar rallar una cuarta parte de la pepa por taza de agua hirviendo, antes del cocimiento quitar la cascara 
  • marrón de la pepa o semilla. Esta infusión fortifica el corazón y quita las fuertes palpitaciones; también sirve 
  • para curar los soplos y afecciones en el corazón.
  • Colesterol y Triglicéridos: Quitar la cascara marrón de la semilla (pepa)  de la palta o aguacate, luego rallar 
  • la cuarta parte de una semilla y agregar un vaso de agua y hervir por 10 – 15 minutos, enfriar y tomar 
  • como agua de tiempo por 15 días seguidos
  • jorgevaleranatura.com